quinta-feira, 26 de agosto de 2010

A vida é um viajante



"A vida é um viajante que deixa a sua capa arrastar atrás de si, para que lhe apague o sinal dos passos".
"A verdadeira base da vida está nas relações humanas."
"A vida só pode ser compreendida olhando-se para trás, mas só pode ser vivida olhando-se para frente."

"Que era, então, a vida? Era calor, o calor produzido pela instabilidade preservadora da forma; era uma febre da matéria, que acompanhava o processo incessante decomposição e reconstituição de moléculas de albumina, insubsistentes pela complicação e pela engenhosidade."
"Quem não sabe o que é a vida, como poderá saber o que é a morte?"
"A vida não é motivo de riso. Mas, já imaginou ter de viver sem rir?"
"A vida sem reflexão não merece ser vivida."

"Feliz de quem atravessa a vida inteira tendo mil razões para viver."
"Viver muito. Eis a ambição de quase todos. Poucos, porém, têm ambição de viver bem."
"A vida não é julgada pelo tempo mas pelas memórias dos momentos especiais."
"A vida nos parece fácil, quando se trata da vida dos outros."
"A arte de viver consiste em tirar o maior bem do maior mal."

"Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe."
"Porque a vida passou antes que pudéssemos viver."
"Gosto de viver. Algumas vezes me sinto muito, desesperadamente, loucamente miserável, atormentada pela aflição, mas mesmo diante disso tudo eu compreendo que estar viva é uma coisa grandiosa."
"Viver é o meu trabalho e a minha arte."
"Viver de noite me faz senhor do fogo.../A vocês eu deixo o sono,/os sonhos não, esse eu mesmo carrego.

"Nunca saberei se o sono é um longo despertar, ou se viver é um longo sonho."
"Todo homem morre, mas nem todo homem vive."
"Querer viver é sempre e indissociavelmente querer fruir e se regojizar, querer desenvolver seu ser, sua potência, sua liberdade, sua virtude - é querer viver bem."

LIMITES,COMO?

Limites, como?


Algumas dicas e tópicos importantes quando consideramos a educação com limites claros e coesos, papel fundamental dos pais na educação de seus filhos.

Sobre o processo de desenvolvimento e aprendizagem, assimilação de novas regras na infância:

As crianças passam por uma série de processos internos psicológicos, assim como processos de desenvolvimento social como àqueles mediados pelos pais desde o seu nascimento. Por isso a assimilação do certo ou errado também é processual, gradual e depende de uma forte interação com a família.
O importante, seja para os pais ou educadores em escolas é compreender as fases do desenvolvimento da criança e saber lidar corretamente com os comportamentos indesejados em cada momento.
Se uma criança de 1 ano insistir em colocar o dedinho na tomada, isso exigirá uma medida de precaução dos pais (tampar as tomadas) assim como uma explicação breve e uma negativa firme, lembrando que dizer não, não significa gritar xingar ou bater, mas apontar outras possibilidades para a criança e sempre reforçar o
comportamento positivo ou desejado.
As crianças tendem a testar os pais, por isso também é muito importante que ambos, pai e mãe, mantenham coerência entre as negativas e afirmativas.
Com crianças mais velhas que já compreendem melhor o mundo ao redor, a conversa, o diálogo e busca de combinados que apontem causa e conseqüência podem ser produtivos e aprimoram o relacionamento familiar num ambiente de segurança saudável.

As crianças assimilam as ''regras'' de convivência conforme o ambiente em que estão sendo educadas. Portanto é importante que os pais e/ou a escola mantenham uma linha coerente entre si e que não mudem as regras repentinamente, por exemplo, um dia pode fazer tal coisa e no seguinte não pode. Isso confunde a criança e envia dupla mensagem.
Os limites são colocados desde o nascimento da criança, na forma como os pais se relacionam entre si e com a própria criança, contudo não implica rigidez. Um ambiente familiar saudável contribui muito para a capacidade de assimilação de limites pela criança. Exige, assim, dos pais e educadores coerência, ou seja, não
fazer,especialmente, àquilo que criticam, serem éticos. Não
adianta dizer que bater é feio dando um tapinha na mão, por exemplo.

Entre o mimar e o limitar:

Infelizmente (ou não) a educação não tem uma fórmula exata. Manter o equilíbrio implica em tentar todos os dias manter a coerência e o ambiente saudável que permita à criança experimentar o mundo para crescer e se desenvolver de forma autonôma, isso significa desafiar a criança e ao mesmo tempo cuidar para que
esteja segura.
Mandar uma criança de 8 anos ir para escola de transporte público não é educar para autonomia, é colocá-la em riscos dos quais ainda não sabe como lidar ou resolver.
É importante impor limites sensatos e permitir também que a criança se relacione com o mundo ao seu redor evitando a superproteção. A principal função dos pais e educadores é mediar essa relação da criança com o mundo em seu processo de desenvolvimento e aprendizagem e isso exige compromisso, busca constante de
conhecimento, abertura para o novo e paciência, muita paciência.

Como dizer não?

Dizer simplesmente não à alguém não faz sentido, nem um adulto aceita um simples não como resposta.
A negativa deve sempre vir acompanhada de explicações, de muita conversa e muito diálogo. Mesmo que a criança seja pequena e os pais imaginem que não compreendem o que dizem, ainda assim, dialogar é importante. Isso mostra que podemos resolver conflitos de forma tranquila.
Estabelecer combinados é uma ótima sacada, por exemplo, se a criança tiver um comportamento indesejado como jogar o carrinho longe, os pais podem explicar que irão tirar o carrinho e que a criança só poderá brincar com ele no dia seguinte. É muito importante também sempre validar os comportamentos desejados e afirmá-los.
Se decidirem por um combinado, é importante não voltar atrás, para que a criança possa compreender o efeito causa e conseqüência.

Crianças são crianças: simples assim...

É muito importante entender que crianças são crianças. Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, crianças são sujeitos de direitos e estão me fase peculiar de desenvolvimento e isso significa que estão crescendo e aprendendo a se posicionar e a se relacionar com o mundo. Conhecer esse processo de desenvolvimento e buscar
informação é extremamente importante para saber o que
éesperadodecada fase e o que podemos exigir a ponto de haver um retorno satisfatório. As crianças devem ser tratadas como crianças.
Respeitar esse princípio básico é proporcionar às crianças a possibilidade de crescerem sadias e de fazerem escolhas saudáveis para sua vida, pois sentem-se seguras e amparadas, e ao mesmo tempo incentivadas a lançar-se no mundo.

Negociando...

A negociação é muito importante, especialmente quando estabelecemos os combinados.
Exemplo: ensinar a criança a usar o penico. Combinar com a criança que toda vez que ela fizer xixi no penico ganhará um adesivo no mural do banheiro. Validar as conquistas da criança com afirmativas de ''Parabéns'', ''Muito bem!'' e evitar tratamentos vexatórios ou que possam constrangir a criança. Já vi e ouvi muitos casos de
crianças que desenvolveram instestino preso, pois no
primeiromomentoem que a criança não fez no penico tomou bronca. Entender que é um processo de aprendizagem e manter o combinado.
Isso serve para as negociações em geral, deve-se levar em conta a idade da criança, a capacidade de compreender o combinado e ter SEMPRE bom senso e coerência nos combinados.
Existe um outro limite, entre negociar e estabelecer trocas. A negociação implica em noção de causa e conseqüência e é muito benéfica. O que não devemos é criar mecanismos de ''faz isso, tem aquilo''. Por exemplo a criança só come se ganhar chocolate. O chocolate pode ser um incentivo, mas a criança deve
ouvir dos pais também o porque devemos comer, qual importância, etc. Não devemostransformara
relação num mercado de troca.

Artimanhas das crianças...

As crianças testam os pais o tempo todo e manter-se firme é um exercício cotidiano, mas é importante. Se disse não uma vez, deve-se manter a palavra. Explicar para criança e manter-se firme.
Se houver necessidade de voltar atrás, não sentir-se acanhado em fazê-lo. Explicar à criança e retomar o combinado. Nada na vida é extremamente rigído que não possa mudar.

Flexibilizando...

Quando falamos em disciplina, não me remeto à disciplina rigída, quase militar, mas sim àquela de ensinar o que pode e o que não pode, de conversar e de flexibilizar sim algumas vezes. É importante para a criança saber que os pais não são máquinas, que também ficam tristes, que erram e que aprendem. Aprender junto com
os filhos pode ser muito gostoso.

E os castigos?

Os castigos são importantes desde que não impliquem em ações vexatórias ou que desrespeitosas à criança, como por exemplo trancar no banheiro ou dar banho frio, etc. Isso não é educar, é punir. e punição não educa!
O castigo quando bem aplicado pode ser um instrumento potente de educação, pois traça a linha da causa e conseqüência, mas não pode ser a solução para tudo ou se torna banal. A criança precisa entender o porque do castigo, então o diálogo é muito importante.
Por exemplo, para uma criança de dois anos ficar sentadinha numa cadeira de castigo por 2 minutinhos basta. Os pais explicarem a ela o porque é extremamente importante, contudo o castigo não pode ser muleta educativa, tudo que acontece vai para o castigo. Também é importante não ficar ameaçando e não cumprir, pois a criança percebe a
lacuna e não acreditará nos pais.
Jamais punir fisicamente a criança! A punição fisíca desde o famoso tapinha até os piores espancamentos não ensinam e não educam. Estabelecem entre a criança e seus pais uma relação de disputa e de poder que não é benéfica. Fica marcada uma forte relação de poder, onde os pais podem e as
crianças não. Bater trás uma conotação de impotência à criança, não permite o diálogo e mostra a
criançaqueserelacionar com o mundo é relacionar-se impondo, de forma agressiva e punitiva. Para uma criança, os pais são referência de segurança, de possibilidades de aprendizagem, quando estes reagem ao comportamento indesejado com agressão física, há um sentimento de menos valia, de falha que não educa, apenas reprime e oprime,
gerando medo e insegurança.

Por fim, não há de fato uma fórmula mágica, mas havendo amor, respeito e vontade, aliados à informação, educar pode ser um exercício cotidiano de aprendizagem para pais e crianças.

educardacerto.blogspot.com

O princípio de tudo é o beijo.

O princípio de tudo é o beijo.
Siga as linhas do contorno dos lábios da pessoa que você quer. É a forma mais íntima. A língua na sua boca.
Daí explode a supernova. O big bang. O cartão de visitas é entregue.
Você pode fazer sexo com uma pessoa e não ser tão íntimo! Você pode romper tabus com essa pessoa, satisfazer o seu desejo, mais depravado, colocar sua libido à mostra, como uma cicatriz e nem assim seria tão íntimo. Você pode gozar aos gritos e isso não provará nada.
O beijo é a profundeza do sentimento fazendo você chafurdar, onde tudo começa, onde parte todos os movimentos em seus carros velozes correndo por avenidas sem fim. Onde mãos aprendem como devem agir. Onde o acelerador é cada vez mais apertado no piso do seu carro. O motor exigindo a próxima marcha.
É sua marca. Nenhuma pessoa é igual à outra; nenhum beijo também. Cada pessoa tem sua “pegada”, um cheiro misturado ao seu perfume que se modifica. A famosa química. E ela pode demorar surgir. Pode se prolongar mesmo quando os carbonos perfeitos já estão unidos. Estão friccionando outras bases. Emergindo de outros sais. São marcas registradas, rótulos colocados nas línguas. E mesmo assim você pode deixar um decalque ruim, ilegível.
O sexo através do beijo. A língüa indo pelo corpo, beijando os seios, os mamilos, o peito, as costas, a nuca, o pescoço, as coxas, virilhas, as nádegas, o sexo. A língüa sendo o agente da ação. Introduzindo, lubrificando, facilitando, conhecendo. A ação, o beijo. O início, o meio e o fim e se repetindo.
Você pode distribuir muitos cartões de visitas por ai. Recebê-los de volta com agradecimentos. Entretanto a química borbulha, em seus frascos, os corpos que são importantes, melhor ainda, quem é importante.
Por causa desse seu beijo, você ainda pensa, sozinho, numa boca especial que você conhece. E não se incomoda em lançar ao vento muitos cartões. E se lembra das bocas marcantes, das mordidas, e quando pode, fecha os olhos dentro de uma só.
Pode ser que considere isso uma forma ingênua e romântica de ver (ou viver) as situações da vida. Eu diria que não. O beijo e o sexo são partes do mesmo. A vida pode parecer promíscua, não se importando quanto tempo passe, as bocas continuarão se tocando, iniciando as pessoas em seus relacionamentos mesmo quando você parou de entregar seus cartões.
E qualquer um gozará desse prazer tão singelo, com todos os músculos contraídos, de cada beijo trocado. E os cartões voarão. De cama em cama, de bar em bar. De casa em casa. Sendo frutos de um sentimento límpido ou de uma vergonha de baixo calão. Somos assim, vivendo no fio da navalha, cortando os pés a cada passada.
"Hell" Albasini "

QUANDO ME AMEI DE VERDADE!!!!


Quando me Amei de verdade!!!
(Charles Chaplin)

Quando me Amei de verdade,
Compreendi que em qualquer circunstância,
Eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exacto.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem um nome… AUTO-ESTIMA!!

Quando me Amei de verdade,
Pude perceber que a minha angústia,
Meu sofrimento emocional,
Não passa de um sinal de que estou indo contra as minhas verdades.
Hoje sei que isso é… AUTENTICIDADE!!

Quando me Amei de verdade,
Parei de desejar que a minha vida fosse diferente
E comecei a ver que tudo o que acontece
Contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de… AMADURECIMENTO!!

Quando me Amei de verdade,
Comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação
ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo,
mesmo sabendo que não é o momento
ou a pessoa não está preparada,
inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é… RESPEITO!!

Quando me Amei de verdade,
Comecei a me livrar de tudo que não era saudável…
Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo.
De início, minha razão chamou essa atitude de Egoísmo.
Hoje sei que se chama… AMOR-PRÓPRIO!!

Quando me Amei de verdade,
Deixei de temer meu tempo livre
E desisti de fazer grandes planos,
Abandonei os projectos megalómanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é… SIMPLICIDADE!!

Quando me Amei de verdade,
Desisti de querer ter sempre razão,
E com isso, errei muito menos vezes.
Descobri a… HUMILDADE!!

Quando me Amei de verdade,
Desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar com o futuro.
Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez.
Isso é… PLENITUDE!!

Quando me Amei de verdade,
Percebi que a minha mente pode me atormentar e decepcionar.
Mas quando eu a coloco a serviço do meu coração,
Ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Isso é… SABER VIVER!!

Não devemos ter medo dos confrontos… até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas..

Que a sua vida seja um constante aprendizado…

ADEUS



Adeus:
É quando o coração que parte deixa a metade com quem fica.
Amigo:
É alguém que fica para ajudar quando todo o mundo se afasta.
Amor ao próximo:
É quando o estranho passa a ser amigo que ainda não abraçamos.
Caridade:
É quando a gente está com fome, só tem uma bolacha e reparte.
Ciúme:
É quando o coração fica apertado porque não confia em si mesmo.
Lágrima:
É quando o coração pede aos olhos que falem por êle.
Mágoa:
É um espinho que a gente coloca no coração e esquece de retirar.
Netos:
É quando Deus tem pena dos avós e manda anjos para alegrá-los.
Orgulho:
É quando a gente é uma formiga e quer convencer os outros de que é um elefante.
Perdão:
É uma alegria que a gente dá, e que pensava que jamais a teria.
Pessimismo:
É quando a gente perde a capacidade de ver o mundo em cores.
Paz:
É o prêmio de quem cumpre honestamente o dever,
Raiva:
É quando colocamos uma muralha no caminho da paz.
Simplicidade:
É o comportamento de quem começa a ser sábio.
Saudade:
É estando longe, sentir vontade de voar, e estando perto, querer parar o tempo.
Solidão:
É quando estamos cercados por pessoas, mas o coração não vê ninguém por perto.
Ternura:
É quando alguém nos olha e os olhos brilham como duas estrelas.

Padre Marcelo Rossi.

MITOS E TREVAS



Matas tão densas...
Que pensas agora que tudo se foi?
Que tens o silêncio que tanto querias...

Se tudo na vida, se resumisse ao que queres
O que mais tarde seria, de tuas vagas lembranças
Se desde aquele dia, questionasse o horizonte,
Embrigado com a certeza da espera, agora sente...

Do Norte à Marte
Em que parte na imensidão desse cosmos
Entenderá que nascemos sós, morremos sós
Mas ao mesmo tempo, estamos sempre acompanhados...

Por um momento imaginaste, que tivesse razão
Senão quem mais que ninguém, sabe ao certo coisa alguma
Se numa dúvida nos perdemos nas certezas
E vejas que tudo sempre nos lembra, de que nada sabemos...

Uma viagem a plutão não seria de todo em vão,
Se cada átomo da matéria correspondesse a uma estrela no céu
Nosso dom nos remeteria para logo ali o infinito,
E o bonito é que nada disso seria possível sem mim, sem ti, sem nós..

VAGO



Vago esse caminho que meu curso vai..
Não vagueias mas nas vagas lembranças sempre estive cheia...
Um mar destemido que se entra desliza, um surfar de gotas
Hum pele macia, mansa solidão de ti
Entres seu abraçar meu flrescer foi mais que a luz pode alcançar
Filtrou-me nessa entrega nuancias de desejar
O toque que me refaz
O abraço que nunca se foi
A chão de estrelas que me faz sonhar
Que me deixa nua na palma nua de alma...
Samanthabrandires
25/08/10

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

domingo, 22 de agosto de 2010

R.A.S.F - UMA RÁDIO ÚNICA UMA RÁDIO LIVRE - LIGA-TE A NÓS


http://grou.ps/radioamizadessemfronteiras
http://rasf.listen2myradio.com/
Venha noas ouvir a partir das 10:00 horas do Brasil e 14:00 de Portugal temos o imenso prazer de estar com vocês... com boa música e principalmente com sua presença..

A CONTRAMÃO MEU GRUPO AMADO! AMIGOS DELICOSOS DE SE CONHECER!



Eu te amo
Ter
Gira

O sol
Gira o mundo
Gira a roda
Girando a vida
Gira o
Girassol
Do seu mais fundo
Sol

És gira ao mirar o mar
Gira a estrela
Gira a noite
E girassol
Tá gira
Ao amanhcer
Ao entardecer
Ao anoitecer
Gira o mundo

Girou a roda gingante
Gira a alma
Gira insesante
Gira gira


A TERGIRASSOL
És muito gira
Por que não um solzinho gira o moinho dos ventos
Gira sol a amizades de uns e outros
Ficas sempre a olhar o sol
Dos Girassóis dos amigos....
LOBA LUA
19/08/10/ 

......Sejam BEM VINDOS!!!!!!!!!!

[center]Imagem
http://pt.netlog.com/groups/uns___outros- _


OLÁ !!!!!!!!!!!

..................... BEM VINDOS ........ :) :)


ESTE GRUPO DESTINA-SE A TODOS QUE TEM PRAZER EM DIVERTIR-SE.

BASTA QUE TENHAM VONTADE DE ENTRAR....

AQUI PODE-SE CONVERSAR BRINCAR
DIVERTIR, DESABAFAR, JOGAR ........ENFIM........TUDO UM POUCO

MAS TUDO COM RESPEITO..... .....E SEM InSULTOS.....

GOSTARÍAMOS QUE SE DIVERTISSEM E FIZESSEM OS OUTROS FELIZES[/center]
 O lugar que me apetece sempre estar, vem também seja feliz divida sua alegria suas idéias...

LOBA

MASTERS OF WAR (Bob Dylan, com tradução).

Esta música foi gravada em Abril de 1963 e entrou no álbum “Freewheelin’ Bob Dylan”, que foi lançado em finais de Maio seguinte.

Parece contrariar a linha das suas músicas políticas de até então: para além de ser como outras das suas músicas um grito de protesto, é abertamente zangada, rejeita o perdão e até apela à morte dos seus antagonistas... A melodia, que pode não agradar de imadiato ao ouvido dos recém-chegados ao mundo de Dylan, tanto parece um lamento nos primeiros seis versos de cada estrofe, como um ‘vómito’ de raiva nos dois últimos. Só tomei conhecimento dela talvez por volta de 1966, quando um amigo trouxe um exemplar do álbum de Inglaterra.

Eu, um adolescente, vivia à época em Moçambique e frequentava um círculo de amigos quase todos muito mais velhos do que eu, gente ligada às artes (pintura, escultura, arquitectura, música, teatro, fotografia,... e, de resto, com quem muito aprendi! ) e foi um deles que, de passagem por Londres, o adquiriu.

Foi nesse grupo que tive o prazer de ter convivido algumas vezes com o saudoso Zeca Afonso (que estava na altura com residência fixa em Moçambique, por razões de ordem política – cheguei mesmo a tê-lo como meu professor no Liceu) e o conhecido pintor António Quadros, para não mencionar outros nomes.

Na altura, como agora, havia guerra em vários pontos do globo e nós, Portugueses, tinhamos também a(s) nossa(s). Por isso esta música passou a fazer parte do meu reportório, quando era convidado a tocar e cantar nesses convívios.

Na falta duma versão do Dylan, pode ser vista/ouvida esta, muito bem interpretada por Pearl Jam.


______________________________


MASTERS OF WAR

Come you masters of war,
you that build all the guns,
you that build the death planes,
you that build the big bombs,
you that hide behind walls,
you that hide behind desks,
I just want you to know
I can see through your masks.

You that never done nothin’
but build to destroy,
you play with my world
like it’s your little toy,
you put a gun in my hand
and you hide from my eyes
and you turn and run farther
when the fast bullets fly.

Like Judas of old
you lie and deceive,
“A world war can be won”
– you want me to believe.
But I see through your eyes
and I see through your brains,
like I see through the water
that runs out my drain.

You fasten your triggers
for the others to fire,
then you sat back and watch
when the death count gets higher,
you hide in your mansion,
as young people blood,
flows out of their bodies
and is buried in the mud.

You’ve thrown the worst fear
that can ever be hurled,
fear to bring children
into the world,
for threatening my baby
unborn and unnamed,
you ain’t worth the blood
that runs in your veins.

How much do I know
to talk out of turn?
You might say that I’m young,
you might say that I’m unlearned.
But there’s one thing I know
though I’m younger then you:
even Jesus would never
forgive what you do.

Let me ask you a question:
is your money that good
will it buy you forgiveness?
Do you think that it could?
I think you will find
when your death takes its toll:
all the money you made
will never buy back your soul.

And I hope that you die
and your death’ll come soon.
I’ll follow your casket
in the pale afternoon.
And I’ll watch while you’re lowered
down to your deathbed
and I’ll stand over your grave
till I’m sure you’re dead.

______________________________


Tradução livre:

Mestres da Guerra

Vós, mestres da guerra,
que fabricais todas as armas,
que fabricais aviões mortíferos,
que fabricais as grandes bombas,
escondidos atrás de muros,
escondidos atrás de secretárias,
quero que saibam
que vos vejo através das vossas máscaras.

Vós que nunca fizestes nada
a não ser construir para destruir,
vós brincais com o meu mundo
como se fosse o vosso brinquedo,
vós dais-me uma arma para as mãos
e desapareceis da minha vista,
dais meia-volta e correis para longe
quando as balas rápidas voam.

Como o Judas no passado
vós mentis e enganais,
“Podemos ganhar uma guerra mundial”
– vós queries convencer-me disso.
Mas eu vejo nos vossos olhos
e vejo no vosso cérebro,
o mesmo que vejo na água
que corre no meu esgoto.

Vós preparais as armas
para os outros usarem,
então sentais-vos ao fundo apreciando
o aumento do número de mortes,
escondeis-vos nas vossas mansões,
enquanto o sangue dos jovens,
escorre dos seus corpos
e se mistura com a lama.

Vós provocastes-nos o medo
mais abominável,
medo de ver as nossas crianças
virem ao mundo,
de ver ameaçado o meu bebé
que está para nascer e ainda nem tem nome,
vós nem sequer valeis o sangue
que corre nas vossas veias.

Mas o que sei eu
para falar sem ser convidado?
Podereis dizer que sou jovem,
podereis dizer que sou ignorante.
Mas pelo menos sei uma coisa
embora seja mais jovem que vós:
nem mesmo Jesus jamais
perdoará as vossas ofensas.

Faço-vos uma pergunta:
o vosso dinheiro é assim tão bom
que comprará o vosso perdão?
Acreditais que sim?
Eu creio que tereis a resposta
quando a vossa morte vier pagar o seu tributo:
nunca com todo o dinheiro que fizestes
podereis voltar a comprar as vossas almas.

E desejo a vossa morte
e que ela venha depressa.
Seguirei os vossos caixões
nessa tarde sombria.
Ver-vos-ei descer
às vossas últimas moradas
e velarei as vossas sepulturas
até ter a certeza que estais mortos.

.
Vós convido desde já  participarem deste delicioso grupo:
Se ama música adere já...
Eu entrei e estou amando conhecer mais, e podendo também estar construíndo mais um bocado do meu conhecimento.. grata aos proprietários deste Grupo Melodia. Montana,Ipivoponepe e Twinsoul.

http://pt.netlog.com/groups/melodias
Os sons da melodia possuem um sentido musical.
A sucessão de sons arbitrários não se considera que produz melodia.
Os sons que formam a melodia possuem quase sempre durações diferentes.
Este jogo de durações diferentes é o ritmo.
Os sons de uma melodia não têm todos a mesma música, mas alturas (frequencias) diferentes.

Melodias é um espaço dedicado a todos os estilos de música.
A sua abordagem será feita pela palavra escrita, vídeos ou imagens
Seremos tão abrangentes, quanto a sua colaboração

RECEBI REFLETI , E TU ? VIVER É?



"A vida é um viajante que deixa a sua capa arrastar atrás de si, para que lhe apague o sinal dos passos".
"A verdadeira base da vida está nas relações humanas."
"A vida só pode ser compreendida olhando-se para trás, mas só pode ser vivida olhando-se para frente."

"Que era, então, a vida? Era calor, o calor produzido pela instabilidade preservadora da forma; era uma febre da matéria, que acompanhava o processo incessante decomposição e reconstituição de moléculas de albumina, insubsistentes pela complicação e pela engenhosidade."
"Quem não sabe o que é a vida, como poderá saber o que é a morte?"
"A vida não é motivo de riso. Mas, já imaginou ter de viver sem rir?"
"A vida sem reflexão não merece ser vivida."

"Feliz de quem atravessa a vida inteira tendo mil razões para viver."
"Viver muito. Eis a ambição de quase todos. Poucos, porém, têm ambição de viver bem."
"A vida não é julgada pelo tempo mas pelas memórias dos momentos especiais."
"A vida nos parece fácil, quando se trata da vida dos outros."
"A arte de viver consiste em tirar o maior bem do maior mal."

"Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe."
"Porque a vida passou antes que pudéssemos viver."
"Gosto de viver. Algumas vezes me sinto muito, desesperadamente, loucamente miserável, atormentada pela aflição, mas mesmo diante disso tudo eu compreendo que estar viva é uma coisa grandiosa."
"Viver é o meu trabalho e a minha arte."
"Viver de noite me faz senhor do fogo.../A vocês eu deixo o sono,/os sonhos não, esse eu mesmo carrego.
"Nunca saberei se o sono é um longo despertar, ou se viver é um longo sonho."
"Todo homem morre, mas nem todo homem vive."
"Querer viver é sempre e indissociavelmente querer fruir e se regojizar, querer desenvolver seu ser, sua potência, sua liberdade, sua virtude - é querer viver bem."

sábado, 21 de agosto de 2010

SOU



SOU

Sou todos momentos
Sou criança sapeca
Moleca adolescente pertinente
Mulher jovem porém madura
Sou todos caminhos e escolhas
Sem dores nem pudores
Sou...
Espinhos mas flores ao renascer
Sou cores sombrias e alegres
Sou um rio com curvas
Afluente dos meus desejos e sonhos
Sou o beijo sentido a mão estendida
O momentos sublime de poder amar e odiar
De cair e levantar
Sou o riso mas também choro quero colo
Sou fria, morna, quente
Sou as estações da vida
Sou furacão mas por vezes mansa
Sou quieta porém falante quando feliz
Sou misto magia
Sou fragil guerreira da vida
Sou o sol e a lua
Sou o que me apetece arrefece
Sou acertos e erros
Sou todas marcas que escolhi ter
Todas cicatrizes
Sou o querer
Continuar viva
Seja com todas as agruras
Ou com todas alegrias
Apenas vivo de rosto aberto
Olhar para o mundo
Pois foram minhas escolhas
E o sou hoje os meus momentos
Felizes ou não...

Samanthabrandireis
31/07/09

PALU


Porque PALU
Só quem o são sabe
Que palavras definem
Os seres maravilhosos que são
São lua e sol
Mar e rio
Tempestade e brisa
Amor e mansidão
É campo sobre relvas
É trigo alimento
São perfumes
São sabores
São querer
São a necessidade
De felicidade
De aconchego
De serenidade
De compreensão
De amizade principamente
Dos momentos
Dos caminhos
Das escolhas ao se cruzar
Destinos não se escolhe se faz
Na magia no olhar e na conquista
Bora ser lua e sol
E muito antes q esperarem se encontram
Nos versos que faço
Mas antes de tudo
Nas minhas poucas visões
De cigana que sou..
Loba lua, guerreira
Protetora, selvagem
Amante da noite, apaixonada
Loba lua, lua loba


Samanthabrandireis
 31/07/09

TE AMO TE TOCO


Te amo e te toco
promeiro com um beijo
um beijo não dado
mas que ainda respira
o teu perfume de vontades
que mesmo que se quisesse
não rescenderia tão profundo
como na tua carne exposta
em teu ventre aberto na noite
nesta noite que tem de você
a minha vontade certa de
um beijo esperado mas
que até o momennto
é uma ausencia
que me deixa
estremecer
só pensar
no amar
teu ar
aiii
ar.
ah
ar
ah
ar
Cássio Seagull
21-04-09 2.15 h
Humm te querooo...

Te quero profundo
no seu respirar nesse
ar de amar beijom quente
rente a nuca me faz
flutuar na paz dessa
lingua a desleizar
ui quero mais
sentir os lábios se roçar
suave, sempre
carente humido
a profanar minha boca
a encontrar minha alma
beijar, beijar meu colo
beijar meu ventre meu centro
beijar e nesse amar
ser irracional vital para mim te beijar
Samantha Brandi Reis
21/04/09 2:26

aiiii...querer de dentro para fora
num arfar ar de respirar
que me excita o ventre
e me deixa a dor de presente
para lembrar que voce...
voce me faz delirar aqui
como se estivesse toda
sentada em mim nele ereto
bandeira da noite quase vazia
aiii.....teu abdome macioooo
minha mão deslisar suave
como se fossem caricias
de minha lingua ansiosa
querendo em voce
esse tudo escondido
dentro da calcinha
que u quero muito
pelinhos macios
lingua macia
teu encanto
cantinhos
canto
tanto
tanto
tanto
tanto
aiii quero desaguar em voce...
vemm....vem...flor mágica
desta minha noite de
vontades despertas em voce
humm...em voce todinha
TUDOOOOOOOOOOOOO
Aiii doi...tesao doii aiiiiiiii
22/04/0
Cássio Seagull


Pais sempre presentes no Espaço Criança Esperança

Pais sempre presentes no Espaço Criança Esperança

Pais sempre presentes no Espaço Criança Esperança

sex, 06/08/2010 por degabo | categoria ECE-SP

Mesmo com o frio que estava nessa última quarta-feira, 4 de agosto, os pais dos educandos, que fazem aula aqui no Espaço Criança Esperança São Paulo – CEE Oswaldo Brandão, compareceram em peso no primeiro Café com os Pais.

O tema escolhido foi a relação deles com o bairro onde vivem. O educador de dança Elson tocou algumas músicas no violão para recepcionar todos em um clima mais descontraído.

Para iniciar a reunião foi feito um círculo de histórias, onde cada participante contou uma lembrança marcante da sua vida relacionada com o bairro onde cresceu. Foram muitas lembranças e muitas risadas!
Para finalizar a noite todos se reuniram em volta da mesa para papear e tomar um cafezinho!

Aqui no projeto é assim: trabalhamos juntos com os pais pensando sempre no melhor para as crianças e jovens!

Comente [0] Compartilhe Envie para um amigo
Conhecer, experimentar e aprender

seg, 02/08/2010 por degabo | categoria ECE-SP, Eventos, Oficinas
Article tags: bboy, Brasilândia, Dia da Esperança, graffite, juventude, são paulo

Neste Sábado dia 31/07 aconteceu no Espaço Criança Esperança São Paulo o evento “Dia da Esperança”. Para mim e acredito para muitos, foi um dia de muito aprendizado.Tivemos oficinas diversas, entre elas a que mais me chamou atenção foi a de Mandala, pois gosto muito de desenhar Mandalas! O diferencial da oficina foi que não eram desenhadas e sim coladas. Experimentei um jeito mais fácil e mais divertido de fazer uma Mandala.
Também foi um dia de confraternização com os pais dos educandos, que também fizeram as oficinas.
Além disso tivemos a participação de vários grafiteiros colorindo nosso espaço, como Fhero, Vespa, Romario, Dgo, Tigo, Feno, Smoky entre outros.Tivemos também batalha de B.Boys com um grupo visitantes e outro que já vem dançando e ensaiando durante a semana no Espaço.
O Dia da Esperança foi um dia animado, participativo, muito comunicativo, educativo sobre conhecimentos variados e espontâneo.
Certamente foi um dia especial!!!

esse texto foi escrito pela educanda Yara
Comente [5] Compartilhe Envie para um amigo
Eu e o Espaço Criança Esperança
qui, 29/07/2010 por degabo | categoria ECE-SP

O Espaço Criança Esperança é um ótimo lugar. Conheço desde que me entendo por gente. Aqui aprendemos a fazer amizades, parcerias e aprendizados.
Nos passeios além de desenvolver a nossa cultura e imaginação, aprendemos muito mais sobre a vida e o mundo em que vivemos. E que mesmo com desavenças, nós educandos e professores nos damos bem!

Este texto foi escrito pelo educando de esportes Coutinho
Comente [1] Compartilhe Envie para um amigo
MUITA MÚSICA NO ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA SÃO PAULO
qua, 28/07/2010 por degabo | categoria ECE-SP

A cena musical na Brasilândia é bem diversa, vai do samba raiz ao rap, passando pelo reggae, mpb entre outros estilos musicais.
Tem grupos antigos e bem conhecidos e outros que vem se destacando ao longo do tempo. No samba temos como referência a escola Rosas de Ouro e o grupo Originais do Samba, que hoje são influências para os compositores mais novos.
Após a inauguração do estúdio aberto para gravação de bandas musicais no Espaço Criança Esperança, os grupos começaram a produzir suas próprias músicas. O melhor disso tudo é que as bandas utilizam o estúdio sem pagar nada, recebem instruções de produtores musicais e Dj’s e hoje se destacam com seus versos e melodias pela região.
Quem quiser conhecer melhor o estúdio aberto do Espaço Criança Esperança de São Paulo, basta vir até o projeto e agendar um horário com o educador Douglas.

Este texto foi escrito pela educanda Najla.
Comente [6] Compartilhe Envie para um amigo
Batucada para todos!
sex, 23/07/2010 por danieladamiati | categoria ECE-SP

A galera do Espaço Criança Esperança São Paulo está, desde o dia 03 de julho, vivenciando uma oficina muito animada. Trata-se da Oficina de Percussão, ministrada pelo voluntário Daniel para todo mundo que quer aprender as técnicas de uma bateria de escola de samba. Estão participando 17 alunos de 8 a 20 anos. É para todo mundo!
Os participantes estão primeiro conhecendo os instrumentos e em seguida aprendendo a tocar caixa, surdo, repique. A ideia é que o grupo se torne uma equipe de ritmistas. Ainda falta bastante para o carnaval, mas até lá teremos uma verdadeira bateria no Espaço Criança Esperança São Paulo.

NÃO SE PREOCUPE COM O QUE SOU, MAS COM O QUE SOU CAPAZ...

Nαo sє prєoculpє com o quє єu sou .mαiis sim do quє єu sou cαpαz ...
Sou parte do tudo
O pedaço que é feito de nada
Sou aquilo que você tem mais medo
Por ser o que mais te agrada
Sou uma sombra sólida
Um caminho que não tem rumo
E quando você pensa me achou
É aí que sumo
Sou as lágrimas da tempestade
Com o choro de trovão
Sou quem te nega um olhar
Mas te entrega o coração
Sou mais do que você pensa
Mas menos do que realmente sou
Sou quem mais acerta
Por ser quem mais errou
Sou só,
Acompanhada de solidão
Sou o que existe de mais real
Mas que é feito de ilusão


Bem falar de mim não seria diferente de usar um pequeno trecho de um poema, de autor desconhecido, além do que já tem em meu perfil, sou aquilo que descobrir ser, cigana meia índia, meio portuguesa meio romena, ma sem fim sou esse ser que por mais que acerte sempre erra mais, busca mais sonha de mais, quer muito mais da vida e dos que ame rodeiam, posso ser intransigente, incoerente, em muitas atitudes, mas a dor de perceber que este mundo ainda tem muito que avançar que o ser humano tem mais de predador... Passei longos anos sempre com pessoas que amei, mas também que me fizeram sofrer desde cedo, pois ter que conhece sempre a realidade seja ela qual fosse era terrível, participei de movimentos sociais, das transformações deste país desde a Ditadura Militar até hoje e nesse caminho fui escolhendo o que mais me parecia preocupante e realmente crucial para que eu tivesse consciência do que é viver realmente neste mundo sem não passado por ele como brisa, amo a poesia, a música, mas amo mais ainda estar no meio de crianças especiais, de movimentos de mulheres de ser ativamente voltada ao bem dos outros e dos meus filhos, gasto todos meus minutos em coisas que faz bem a minha alma, o voluntariado é algo que me traz muita paz, fazer rádio me traz a serenidade que necessito para prosseguir, amo ler tudo os que me são preciosos escrevem, garanto uma palavra sempre me serve e é bem vinda na minha vida... Sou cigana por natureza adoro meu telhado olhar as estrelas, sentir que a lua ME TRANSPORTA PARA LUGARES SONHADOS, masque nunca estarei lá... Os amigos me dão sem per a visão exata o que é estar naquele lugar, à prazerosa sensação que as palavras colocadas ao vento ou as músicas ouvidas, sempre atingem de alguma forma... não se é em vão a partilha do que desejamos, o partilhar só faz querer estar mais juntos, independente das visões, sonho sim não só com meu país melhor mas com o todo, pois é impossível estar bem quando tudo que defendo em outros lugares está devastando mulheres crianças, o meio em que vivo... Jamais me senti uma ser isolado por mais que goste da solidão... Sou um cadinho de tudo que aprendi em tupi guarani, nessa mistura portuguesa com a cigana principalmente a liberdade que me vai a alma, sou um pouco do que escolhi viver muito antes de aqui estar por isso sigo este caminho com alma alegre e feliz para que os grãos de areia que juntar pelo caminho possam fazer diferenças a cada dia de crescimento pessoal,e os amigos sempre tem papel principal nesse processo, pois acredito que cada um que passe pelo meu pequeno caminho sempre veio para acrescentar sempre seja por longo tempo ou meros segundos, sou um a gaivota que gosta de voar, voar e voar mas que sempre retorna ao seu ninho a família minha preciosidade sem fim, aos amores digo que estou aqui pra viver seja também o tempo permitido e que esse tempo seja de amor sempre e respeito pelo outro pois quem gosta de ser livre também deve compreender que o outro seja tão livre quanto tu para retribuir ou não o amor, primeiramente tem-se que se amar e depois descobre que amor é dar-se sempre e por jamais querer cobrá-lo... Minha vida sempre foi feita de mudanças, de sorte lançada, sempre arriscando aquilo que te é precioso, não sou lá boa em falar de mim, pois em cada esquina vejo uma vitrine infinita possibilidade de vida só espera estar no meu caminho e que nele possa sempre fazer o meu melhor ou ao menos tentar... Ser o que sou, jamais desejei que gostassem do que sou, porque o que acho certo cabe apenas a mim viver, peço sim que todos tenham seus caminhos iluminados que aprendam que felicidade são momentos segundos e nada dependo do outro e sim de si mesmo.... Cada vive com seus devaneios em fim eu vivo a maior parte do meu tempo no telhado porque amo me ver livre sentir a brisa dessa liberdade... Sou sonhadora um defeito muito grande sempre vemos esperanças nesta vida...
Sou de escorpião um signo difícil de lidar..
É muito melhor ter um amigo Escorpião do que um inimigo do mesmo signo.

São ótimos amigos.
Sempre prontos para ajudar - êles tem uma capacidade incrível em analisar corretamente os acontecimentos de sua vida.

São capazes de te defender com unhas e garras, caso algum inocente infeliz faça alguma brincadeira a seu respeito que não o agrade.

O signo de Escorpião não é de quantidades - ele busca suas amizades pela empatia mental.
Muito menos, não é de bajulações ou de presença constante.
Ele considera que isto não é ncessário - seus elos de amizades são calcados na confiança mútua.
Por vêzes é difícil convencê-los da reciprocidade. Scorpio nunca confia plenamente.
Caso o Escorpião se decepciona com a amizade, êle simplesmente rompe e se puder - esquece de sua existência.
Pode não parecer, mas a verdade é que os Escorpiões são amantes românticos e sonhadores.
Buscam pela alma gêmea.

O duro é convencer um Escorpião a revelar o amor que sentem.
Chegam a optar por por aquele amor platônico, distante, silencioso e suspirante.

Quando se envolvem, se entregam totalmente.
Capazes de renúncias e sacrifícios pela pessoa amada.
Acreditam no amor eterno, e, por isto mesmo, são tão cativantes.

Gostam de pessoas tranquilas e discretas.

O Scorpio tem muita necessidade de fidelidade, daí a lendária fama de ciumento.

Na linha cigana não fujo muito do que um escorpião é..
A adaga é entregue ao cigano quando ele sai da adolescência e ingressa na vida adulta. Por isso, é associada também à morte, ou seja, às mudanças necessárias que a vida nos oferece para crescermos. A pessoa sob esta influência tem um temperamento forte e enigmático, se torna irresistível e respeitada. Possui uma mente analítica, percebendo tudo o que está ao seu redor. Sempre procura se aprofundar no que está à sua volta, seja no amor ou no trabalho. Ama de maneira sensual e arrebatadora.

Espero que um pouco do que escrevi sem reler seja um breve suspiro do que posso ser, pois as mutações estão sempre acontecendo, a única coisa que não muda é minha essencia pela libardade de viver....sem revisão pois escrever sobre mim tem que ser assim de sopetão... e se possível no telhado....
Gostem ou não sou isso... já me gosto muito basta-me saber que sou feliz mesmo nesse turbilhão chamado vida...

SOU UMA PASSAGEIRA




Sou uma passageira…
Embarco e desembarco sem
realmente saber qual é o instante
que realmente sou eu mesma…
Sou sonho…
A matéria é empréstimo e perece,
o sonho é eterno e permanece…
Decidi fazer do que é real, uma
ilusão e, da minha ilusão a minha mais
verdadeira realidade…
Seria como tingir a água de azul,
Por instantes desejar que minhas mãos
sejam flores e poder sentir o beijo
do beija-flor…
Já que conheço o ruido de um tiro,
me nego a aceitá-lo, prefiro ouvir
o que converam as árvores…
Outro dia diziam elas, que as estrelas
são as flores que bordam o céu…
Imaginação, loucura, ilusão…
Prefiro assim…


Desconhecido

FALA-ME DO TEMPO



Fala-me do tempo, meu amor
Em que moras e eu existo
Do tempo em que a noite chega despida

De vendas, espaços ou carrascos
E de onde como se fora o alto de um penhasco
nos atiramos de mãos dadas
Para o regaço da vida

Fala-me do tempo, meu amor
Em que mesmo sem tempo
Me sabes de cor e atravessas
Em passos de mágica as linhas
Do que sou e só tu conheces
Do tempo em que sem pressas
Me vestes de gestos teus
E me afagas em hálitos úmidos
de branda maresia

Fala-me do tempo, meu amor
Em que nos esperamos
No fim dos dias já passados
E cansados conseguimos lembrar
Os sorrisos adiados de nós
Por falta de tempo
E arrancamos do fundo do peito
O lugar onde guardamos os sussurros
Já bolorentos da nossa voz
E os deixamos renascer do esquecimento

Fala-me do tempo, meu amor
Porque ainda é tempo
De esquecer que o tempo existe
E inventar um lugar dentro do beijo
Que nunca deixamos de nos dar
Onde o tempo só tenha espaço
E só tenha tempo para nos sabermos sonhar

O TEMPO

O Tempo é soberano de ausências... A alma, porém, é soldado sempre alerta e, na magia do que resta do tempo, inventa um espaço para além do correr da vida... sobrevivendo e, sobretudo, acreditando que é possível viver na ausência do tempo e para além dele...

DO AMOR SOU FEITA?

Do amor sou feita 
Das tempestades meus amores 
Da vida sou serena 
Da paixão sou loucura 
Do amor sou respeito 
Do vento vem o sonhar 
Do orvalho o teu tocar 
Toque sempre 
O cerne do viver 
O coração assim é amor 
Pintado de anil 
Carregado sutil 
Esta no olhar. 
Amor desmedido 
É loucura 
E o que loucura se não amar 
É perdição 
É melancolia 
É sofrer quem não sabe amar 
É o espelho do reverso 
Desejo supremo 
Um furor que queima 
Incendeia 
Tocha acesa 
Combustão 
Ai que vulcão 
De chamas 
Chamas que tu dizes 
Ser amor 
Paixão dos teus temporais 
Amor é tudo junto 
Com leveza 
Sublimação de atos secretos 
Retos eretos cadenciados 
Que quase te entonte-se 
Aquece-te a cada olhar 
Desviado rente a pele 
É suspiro doce 
É respirar ao pé do ouvido 
É simplesmente olhar 
E sentir o que o outro deseja 
É por fogo 
É gozar do prazer de estar junto. 
Loba lua 
19/08/10